domingo, 11 de maio de 2008

Promoção de vinhos em debate no IVV

( a Comissária europeia carregando uvas no Douro; foto do site www.eu2007.pt )

Reuniu o Conselho Consultivo do IVV para debater as regras de financiamento da promoção de vinhos. A nova OCM Vitivinícola veio criar um chamado "envelope nacional" que financiará anualmente investimentos de marketing no valor aproximado de 20 milhões de euros com 60% a fundo perdido.

A opinião maioritária das associações foi no sentido de que o financiamento deverá ter três linhas:

  • para a promoção genérica do país vinícola;
  • para a promoção das DO's e IG's
  • para a promoção das marcas.

Atenção que estes apoios destinam-se apenas à promoção fora da União Europeia, uma imposição do lóbi anti álcool. Para a promoção dentro a UE haverá um pequeno pacote, de 2M€ a ser usado só para "informação". Veremos o que isso é.

Há vários mercados fora da UE que as empresas da nossa região podem atacar com estes fundos. Países como os EUA, Canadá, Brasil e Angola tem já uma forte presença do Vinho Verde. E em todos o consumo per capita está a crescer.

As candidaturas poderão incluir publicidade, realização de provas, presença em feiras, edição de materiais e convite a jornalistas e clientes para visitarem a nossa região. Certamente será dada prioridade a candidaturas de associações ou grupos e empresas.

Temos de fazer força, divulgar a mensagem, para que as empresas da região estejam na primeira linha de apresentação das candidaturas.

Sem comentários: