quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Vendas no mercado nacional
1º Semestre ( Nielsen )


( clique na imagem para aumentar )

Recebemos o mapa semestral de vendas da Nielsen elaborado para a ANDOVI. A ANDOVI é uma associação nacional que agrupa todas as CVR’s e ainda os institutos públicos do Vinho do Porto e do Vinho da Madeira. Semestralmente distribui um conjunto de mapas de análise do mercado nacional elaborados pela prestigiada empresa Nielsen.

NOTA IMPORTANTE. A tabela que encontra em cima é uma das muitas que o relatório inclui. Esta refere-se às vendas em valor ( € ) na soma dos universos Nielsen ( INA +INCIM ) cobrindo mais de 8.000 pontos de venda em todo o continente. O valor refere-se ao PVP e é calculado em médias ponderadas tendo em conta o volume de vendas de cada loja. É pois um cálculo complexo. Não esqueça que os preços Nielsen, por serem PVP incluem também da restauração e neste caso conta o preço do vinho na ementa.

Vamos então ao mapa. Com uma bela surpresa: crescemos 13,88% e somos o DOC mais vendido em Portugal. Não me lembro de ver isto em nenhum dos anos anteriores. A imagem em cima é o mapa de valores, mas temos um outro com os volumes. Crescemos 17% em valor e 14% em volume, o que bate certo pois sabemos que os preços aumentaram este ano. O que me surpreende é não termos perdido quota. Atenção porém pois temos uma quota de 19,52 em volume e apenas de 17,23 em valor: estamos abaixo do preço médio do mercado que é liderado pelos nosso vizinhos do Douro. Outras observações:
  • o Douro volta a crescer em valor e volume;
  • o vinho de mesa perde. E continuará a perder. Representa 8% do valor e 13% do volume. É um vinho para o segmento de menor preço e, com a maior abertura dos mercados por aí ficará;
  • Terras do Sado mantém uma quota admirável. Mas estará em saldo ? cresce 8% em volume mas estagnou no valor;
  • o Dão, nosso parceiros centenários, crescem muito bem;
  • a Bairrada passa momentos menos fáceis. Em valor e em volume. Como sair disto ? Gosto muito da Bairrada com a qual tenho laços familiares, gosto dos seus vinhos, e era um apreciador do Pedralvites, um belíssimo branco, cuja vinha é atravessada pela A1.
Não nos deixemos porém iludir. O Vinho Verde está a aumentar as vendas em Portugal e na exportação consistentemente desde 2003. É um ciclo que se vai travar este ano com dois efeitos combinados: a menor produção/maior custo e a retracção da economia.

Seja como for são notícias animadoras, que a região bem merece.

Nota: os mapas-base para este artigo estão à disposição, embora alerte para que se trata de ficheiros Excel extensos

Sem comentários: