quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Vendas e stocks em Dezembro


E pronto, fechamos o ano. Alguns apontamentos.

O stock está mais baixo do que em igual data no ano passado. Aliás desde 1998 que não se verificava um stock tão baixo. E porém não fará sentido antecipar uma inflação no preço do granel. A baixa do stock tem de ser conjugada com a baixa de vendas de que sofremos no final de 2008 e que certamente se prolongara por 2009. O ano não é propício para aumentos !

Curioso é o aumento do stock no mosto branco. Começamos a ter mais dessulfitadores na região, mais compradores de mosto e naturalmente este segmento cresce. Também se fez algum mosto rosado mas em pequena quantidade.

As vendas tiveram no segundo semestre um comportamento negativo, que se diferenciou do primeiro semestre. Fechamos 2008 com uma parte de cerca de 13% nas vendas globais, tendo perdido sobretudo no branco.

A evolução do tinto suscita-me algumas dúvidas. Se é certo que o tinto tem um mercado regional fiel, este não justifica porém o aumento de vendas que aparece em contra ciclo. Estamos a fazer compras de vinhos no sentido de verificar se não haverá algum "lapso" entre selos de branco e selos de tinto. Se tal se verificar, certamente que a CVRVV intervirá disciplinarmente.

As vendas de branco são analisadas em mais pormenor no terceiro quadro. As descida deve-se sobretudo às perdas no garrafão e no litro. Não só temos empresas a vender menos nestes segmentos , mas sobretudo temos alguns agentes que transferiram voluntariamente algumas marcas do Verde para o mesa. Eles estão a vender o mesmo ( porventura mais ? ) mas a região perde vendas.

( Clique em cada mapa para aumentar o tamanho )

Sem comentários: