domingo, 22 de março de 2009

Os autarcas que merecemos


Passagem de fim de semana por um dos concelhos mais bonitos da região. Infelizmente um dos mais pobres do país em PIB per capita.

Após uma hora de caminhada paramos numa pequena loja para comprar agua. Vazio. A dona, simpática e conversadeira e contou-nos a novidades do lugar. E uma delas com actualidade: nessa mesma manha o presidente da câmara ia inaugurar uma rua ali perto.

Decidimos ir até lá, e não foi difícil encontrar o local, guiados pelo som dos bombos que acompanhavam a inauguração. E de facto lá estava. O Presidente da câmara, mais alguns engravatados e uns 20 populares. Pouca gente, numa manhã de sábado cheia de sol.

Como era de esperar, mal se calaram os tambores, o autarca discursou. Estava a inaugurar a pavimentação de 250 metros de caminho. Falou meia hora. Anunciou um investimento de 5.000 contos ( sic ) na compra de um terreno para ajardinar ao lado da igreja, mencionou mas uma serie de obras "estruturantes" e disse que estava a pagar as refeições nas escolas. Usou a palavra "requalificação" vezes sem conta. Estamos a requalificar isto, a requalificar aquilo. Falou, repito, meia hora para inaugurar 250 metros de caminho empedrado. No fim pediu desculpa mas não podia ficar porque tinha outra inauguração a seguir. Como disse, daqui até Outubro tinha muita coisa para inaugurar. Terminou, distribuiu sorrisos, apertou mãos e por-se a andar.

O autarca falou 30 minutos para inaugurar um caminho de 250 metros. Disse "requalificação" mais de dez vezes. E nem uma só vez falou de emprego e de empresas. Falou 30 minutos sobre obras e nem uma só vez mencionou as pessoas que vivem num dos concelhos mais pobres de Portugal. Não falou da criação de empresas e de valor para o concelho. Como se a câmara fosse apenas um fazedor de obras.

No fim, meteu-se no carro e pôs-se a andar. Frenezim de campanha. Atrás dele ia outro fulano, gorducho com uma camisa apertada. Num Mercedes daqueles que só os homens importantes usam. De um azul lindo. Está tudo dito.

Sem comentários: