quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Os vinhos dos vizinhos

Dei um salto à Beira Interior. Moimenta da Beira, Vilafranca das Naves, Castelo Rodrigo, Pinhel. Vi muita vinha e várias adegas. Vale a pena dar lá um salto. É uma zona linda, com muito para conhecer, boa gastronomia e bons vinhos.

Não é segredo que este ano desenvolvemos várias acções de fiscalização que, com sucesso, identificaram os trânsitos de uva que se estavam fazer desde aquela região. Com a colaboração - exemplar - do IVDP, as nossas equipas estudaram rotas, analisaram procedimentos e fizeram um número de apreensões que não têm ímpar no passado.

Visitando aqueles vinhedos percebemos bem o que se passa. Uma região com uma excelente aptidão vitícola, com parcelas bem dimensionadas, com uma antiga cultura de vinha mas ... sem marcas. As cooperativas estão muito fragilizadas e os comerciantes compradores de uvas também pouco acrescentam. A uva é pouco valorizada, pelo que a venda para fora é um recurso inevitável. Falaram-me em 20 cêntimos/quilo para uva branca de boa qualidade. Os encepamentos são bem diferentes dos nossos.

Algumas marcas, como a Quinta do Cardo, dão uma imagem do fantástico potencial desta Região, mas naturalmente não podem alavancar toda a viticultura. A região é apoiada pela CVRBI que tem uma equipa pequena mas muito dedicada.

De acordo com do dados Nielsen, as indicações/DOCs mais fortes da Região são "Castelo Rodrigo" com 0,08% de quota nacional e Pinhel com 0,07%.

Sem comentários: