sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Vinho Verde: stocks e vendas em Novembro

( clique na imagem para aumentar )

Este é o stock a 30 de Novembro, após a entrada da maioria das declarações de produção. Estamos com um stock de branco superior ao do ano passado em data igual. Como veremos adiante, as vendas de branco estão bem e sobretudo as exportações muito sólidas. Porém, o stock é mais que suficiente, o que garante um abastecimento confortável.

Merecedor de alguma reflexão é o stock de tinto.

Os valores de produção de 2010 estão neste momento praticamente finalizados e serão divulgados ao Conselho Geral agendado para 29 de Dezembro. Após essa data os colocarei aqui.
( clique na imagem para aumentar )

As vendas até Novembro. No branco estamos a recuperar da descida de 2009. É uma recuperação ancorada a 100% na exportação, pois o mercado nacional está amorfo. A nossa percentagem de exportação tem vindo a aumentar, aproxima-se dos 20%, o que significa que o crescimento na exportação se reflecte cada vez melhor nas vendas totais.

O tinto, pelo contrário, já não sei o que escreva... Vamos lançar em breve uma campanha publicitária de apoio ao tinto, vocacionada parta o mercado da região. Terá resultados, sim, estou convencido, mas não fará milagres. Há um problema vitícola a resolver: é preciso reconverter tinto para branco e equilibrar a oferta.

A propósito do tinto e das suas dificuldades na exportação, um pequeno texto que retiro do blog do Vinho Verde Tasting Club de Arlington, Virgínia e que dispensa comentários "A red Vinho Verde took some getting used-to, but once the novelty wore off, most didn’t like it. A bit tart and thin, it (...) didn’t perform at all on its own" Isto num grupo em que a pré-disposição para aceitar os nossos vinhos é enorme.

Sem comentários: