quinta-feira, 20 de setembro de 2012

A vindima em Resende


Começa a vindima. temos menos uva mas teremos otimo vinho. Valha isso. Muitos produtores de Resende nos contactam, apreensivos por causa dos controles de qualidade e origem nas uvas.

E com muito gosto esclareço as dúvidas que nos são colocadas:
  • a operação de Resende e Celorico é exatamente igual à de Resende no ano passado e igual operação será feita noutros concelhos - os colegas da CVRVV assistem à vindima e emitem um documento de validação para o trânsito de uvas;
  • os produtores têm apenas de avisar a CVRVV com antecedência da data da vindima - nessa data podem vindimar e transportar, quer esteja lá uma brigada nossa ou não. Desde que tenham avisado com antecedência, nada impede que vindimem exactamente como planearam;
  • os produtores que apenas vindimam para consumo próprio não precisam de avisar.

Não tem de haver pois qualquer receito de que a vindima se atrase: o produtor vindima na data em que entender, bastando apenas que avise a CVRVV deque o vai fazer.

Este tipo de operação valoriza a qualidade e o preço das uvas de Resende e Celorico pois assegura que as uvas que chegam aos centros de vinificação estão em otima qualidade e são efectivamente provenientes destes concelhos.

Sem comentários: