quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Vinho Verde: os stocks em Janeiro

Clique na imagem para aumentar

Vejamos então os stocks no final de Janeiro. No branco estamos com um stock ligeiramente inferior ao do ano passado; 2,7% a menos, o que nos dá cerca de 1,7 milhões de litros a menos. É uma diferença que não se notará, salvo se as vendas estiverem bastante acima do ano passado e que não precisa de influenciar os preços.

Após a vindima temos vindo a fazer varejos e a partir deste mês estamos a controlar os trânsitos do vinho que sai da produção, embora o volume de irregularidades detectadas seja muito baixo. Está a circular muito pouco vinho.

O stock de tinto está um pouco acima do ano passado, práticamente o mesmo.

Mudança significativa no rosado, temos este ano 3,5M litros conta os 2,4M litros do ano passado. A disponibilidade de mosto rosado aumenta um pouco mas sem significado. Note que o rosado não está na produção: está todo já em quem o engarrafará ou pelo menos quem o pode engarrafar.

Passei a introduzir uma nova linha com o Regional branco. Isto porque é uma categoria que ganha
relevância comercial a cada ano. No gráfico é a linha azul escura e revela um aumento muito significativo dos valores em stock. É certo que algum deste vinho se destinaráà venda à porta, mas não descarte os dados pois o aumento do stock de regional é no branco e é nos engarrfadores. Temos pois mais regional pois há mais perspectivas comerciais do stock.

A tabela em baixo, retirada do mapa mensal, identifica em detalhe as entidades onde se encontra o Vinho Verde e o mosto de Vinho Verde. Não esqueça que mantém-se em funcionamento a Bolsa do Vinho Verde, cuja lista é actualizada diáriamente e nela encontra vinhos para venda a granel e o contacto dos respectivos produtores.



Sem comentários: