quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Vendas até Setembro

Clique para aumentar
Aqui esão os mapas de vendas acumuladas aé Setembro. Como é habitual neste período, não coloco os stocks pois começam a ser influcenciados pelas DCPs. Colocarei o stocks pós vindima já com as DCP's incluídas, no início de Dezembro.

O mapa de branco é positivo ( tendo em conta o clima económico que vivemos ) registando um aumento de vendas de 3,2%. Note que, se comparar este texto com os anteriores, mantemos o aumento de vendas embora com menos expressão, o que nos indica que o crescimeno foi mais forte no primeiro semestre e tem-se vindo a diluir ao longo do ano. Estamos sempre a falar de crescimentos acumulados comparados ano a ano, pelo que a sazonalidade está descontada.


Clique na imagem para aumentar

O segundo mapa refere-se aos tintos e rosados. A tendência é a que vimos verificando, embora com maior expressão no rosado nos últimos meses. A manter-se esta tendência, é impressionante a evolução do rosado que, em breve, igualará o tinto em vendas.

Clique na imagem para aumentar

O último mapa apresenta-nos os restantes brancos, um conjunto de tendências que já se foram consolidando ao longo do ano. O Loureiro tem as vendas estáveis, sendo o segmento de maior relevo neste universo.

O Alvarinho cresce. Não há uma marca ou produtor cujos negócios expliquem só por si esta evolução. Diria que a polémica em redor da casta teve um efeito comercial positivo. As dezenas de artigos publicadas na comunicação social regional e sobretudo nacional afirmaram o Alvarinho como um vinho de excelência e isso teve um efeito positivo nas vendas, seja de Alvarinho DO, seja de IG. Ambas a crescer muito bem.

A última categoria é a do IG Minho, que esconde afinal uma questão essencial: os lotes com Alvarinho. É este segmento o que está a fazer crescer a categoria. Dentro de dias iniciaremos a segunda ronda de negociações para procurar soluções consensuais para a questão Alvarinho e espero vivamente que estes números sejam tidos em conta.

Sem comentários: