quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Preparar a vindima: stocks e previsão

Clique na imagem para aumentar
Estamos a um mês da vindima, talvez um pouco menos. Conforme se pode ver no mapa em cima, o stock está confortável, mesmo que conjugado com os mapas de vendas que publicarei dentro de dias. No branco, que é sempre o de maior relevo, a disponibilidade de vinho adicionado ao mosto branco é de 12M de litros acima do ano passado. Quer isto dizer que, mesmo no cenário provável de uma baixa de produção, não estamos perante um problema de escassez. Haja bom senso e os preços ficarão estáveis ou subirão um tudo nada.

A propósito deste stock, importa referir que mais de três quartos se encontra nos armazenistas engarrafadores ( classificação que incorpora a Vercoope e Viniverde ). Na produção individual estão menos de dois milhões de litros e nos produtores-engarrafadores cerca de dois milhões. Significa pois que poucos serão os movimentos de grandes quantidades nesta fase pré vindima. O vinho já está no destino para engarrafar.

Temos mantido na CVRVV um acompanhamento muito próximo de todos os trânsitos de branco, acção que se manterá nos futuro previsível.

Uma questão interessante que se tem levantado ultimamente é a da previsão de colheita. Na nossa região, a previsão é feita por inquérito aos técnicos da região, os quais indicam os locais onde prestam assistência e as perdas/ganhos previstos face à colheita anterior. Este ano tivemos mais de uma centena de respostas e a previsão indicava uma pequena perda face a 2017. A verificação do escaldão e a evolução natural da vinha vão ser revelados numa nova previsão que será aberta no fim de Agosto, mais em cima da vindima.


Sem comentários: