quarta-feira, 26 de setembro de 2018

As calorias na rotulagem: é para hoje.


Há coisas que não lembram ao diabo. Estava aqui a preparar um artigo sobre calorias e lembrava-me que escrevi um outro há alguns anos. Fui pesquisar e é verdade: há exactamente dez anos e poucos dias escrevi um artigo a indicar que a obrigatoriedade de mencionar as calorias na rotulagem estava a entrar em vigor nos EUA e viria para a Europa.

Pois, chegou.

A regulamentação da rotulagem está a ser discutida em Bruxelas e vai mudar muito em breve. A ideia é passar a dar mais informação ao consumidor naquilo que à segurança diz respeito: calorias, alergéneos, componentes. Pela informação que recolhi, podemos ter diferentes modalidades: alguma informação ficará no rótulo ( como texto ou símbolo ) e outra poderá ou deverá ser colocada no site do produtor. Certo é que os rótulos passarão a ter mais informação e, este aumento, será feito muito possivelmente através da introdução das calorias.

Mantenho o que escrevi há dez anos, o consumidor vai dar-se conta do conteúdo calórico de alguns vinhos e não vai ser bonito.

Este processo foi debatido no Conselho Consultivo do IVV porquanto este Instituto acompanha em Bruxelas as negociações do dossier.

Aqui ficam algumas leituras complementares:

Sem comentários: