sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

João Carvalho Ghira



Devo ter conhecido o Engº Ghira no IVV lá pelo meio dos anos 90. Sempre positivo, bem disposto, conciliador. Fez uma longa e brilhante carreira no sector ao qual se dedicava por verdadeira paixão, mais do que por cumprimento de obrigações. Foi presidente do IVV, da CVR Lisboa, da ANDOVI.

Ontem deixou-nos.

Cito um texto muito bom que a AMPV - Associação dos Municípios Portugueses do Vinho publicou a propósito de uma homenagem que lhe fez muit recentemente.


"uma enorme referência no setor do vinho, que percorreu um longo e marcante percurso nesta área, tendo contribuído para uma maior qualidade e afirmação dos vinhos nacionais". Do seu percurso profissional destacam-se os cargos de presidente do Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) e presidente da Comissão Vitivinícola Regional (CVR) da Estremadura e de Lisboa.
Nasceu no Cartaxo e é oriundo de uma família com forte ligação à agricultura. Frequentou os estudos superiores no Instituto Superior de Agronomia e em 1972 iniciou funções na Estação Vitivinícola Nacional, em Dois Portos, Torres Vedras, na altura Centro Nacional de Estudos Vitivinícolas. Prestou assessoria técnica em diversos gabinetes de membros do Governo e desempenhou os cargos de presidente do Instituto da Vinha e do Vinho e da CVR de Lisboa.
Entre as suas obras editadas, destaca-se “Vinhos da Estremadura”, da coleção enciclopédia dos vinhos de Portugal. É considerado "um dos grandes responsáveis pela evolução qualitativa do vinho português""

Sem comentários: